luveredas











{março 29, 2018}   Ser e Tempo, Marin Heidegger

via Ser e Tempo – Martin Heidegger (Parte I e II)

Anúncios


Apesar de tantos pesares, Fortaleza ainda guarda seus encantos. Obrigada, Tércia, por nos lembrar isso.

Livros e bichos

O céu tem a cor mais linda – mesmo sem esse luxo de arco-íris.

Ver o post original



{março 16, 2018}   Marielle e Anderson vivem

Leonardo Boff

Dois sentimentos nos tomam neste momento: de indignação e de respeito.

Indignação pela execução traiçoeira feita à lider política da comunidade da Maré, Marielle Franco, mulher, negra, pobre que sempre lutou pela dignidade e direitos desses abandonados e invisíveis. Não é à toa que aqueles que tiram a vida de tantos, tiraram também a vida da incansável defensora da vida Mirelle Franco e de seu motorista Anderson. Eles esquecem que agora ele viraram semente de tantas e tantas outras Marielles e Anderson que brotarão no seio do povo que já não aceita a humilhação e o desprezo.

Respeito diante dessa pessoa vitimada, intencionalmente, com 4 tiros na cabeça porque suas denúncias corajosas atingiam muitos que vivem do crime. Sua voz era potente demais para ser suportada. Por isso devia ser calada. Mas todos os que os acompanhamos não nos calaremos: persistiremos em denunciar a violência praticada pelo crime organizado e…

Ver o post original 93 mais palavras



{março 16, 2018}   Marielle, uma voz

Memória, luta e resistência

Blog da Boitempo

Por Mauro Luis Iasi.

 “Quando é abatido o que não lutou só,
o inimigo
ainda não venceu.

– BERTOLD BRECHT.

A chuva caia torrencialmente sobre a cidade. Iansã mandava seus raios e os clarões tentavam negar a noite que insiste em suas sombras. Os corpos não se viam, a pele negra se confunde com a noite, os rios de sangue fluem para a vala, de todas as feridas abertas, dos navios descarregando sua carga humana acorrentada, no verde dos canaviais, nas favelas, nas ruelas da velha cidade, das flechas de São Sebastião.

Ver o post original 782 mais palavras



et cetera