luveredas











Leonardo Boff

La encíclica “Cuidado de la Casa Común” y la “Carta de la Tierra” tal vez sean los dos únicos documentos de relevancia mundial que presentan tantas afinidades comunes. Tratan del estado degradado de la Tierra y de la vida en sus varias dimensiones, fuera de la visión convencional que se restringe al ambientalismo. Se inscriben dentro del nuevo paradigma relacional y holístico, el único, así nos parece, capaz de darnos todavía esperanza.

La encíclica conoce la Carta de la Tierra que cita en uno de los puntos más fundamentales: «me atrevo a proponer nuevamente su precioso desafío: como nunca antes en la historia, el destino común nos hace un llamado a buscar un nuevo comienzo» (n. 207). Ese nuevo comienzo es asumido por el Papa.

Enumeremos, entre otras, algunas de esas afinidades.

En primer lugar aparece el mismo espíritu que atraviesa los textos: de forma analítica, recogiendo los datos científicos…

Ver o post original 816 mais palavras



Una lezione per tutti, anche per noi: quando si tratta di una crisi radicale, che coinvolge le future direzioni del paese, ci si deve rivolgere al popolo, portatore di sovranità politica e fidarsi di lui. Da oggi i creditori e le autorità inflessibili nella zona euro, hanno di fronte non un governo che possono terrorizzare e manipolare, ma un popolo unito, consapevole della sua dignità e che non si rende all’avidità del capitale. Come diceva un cartellone: “Se non siamo morti d’amore, perché dovremmo morire di fame?”.

In Grecia c’è stata la democrazia elitista. Ora sta nascendo una democrazia popolare e diretta. Sarà una alternativa alla democrazia delegatizia. Questo vale anche per noi in Brasile.

Leonardo Boff

Ci sono momenti nella vita di un popolo in cui deve dire di no, al di là delle possibili conseguenze. Si tratta della dignità, della sovranità popolare, della democrazia reale e del tipo di vita che si desidera per l’intera popolazione.

Cinque anni fa che la Grecia è piombata in una terribile crise economico e finanziaria, soggetta a ogni sorta di sfruttamento, ricatto e anche di terrorismo da parte del sistema finanziario, in particolare quello di origine tedesca e francese. Si è v un verificato un vero e proprio intervento nella sovranità nazionale, imponendo a titolo definitivo misure di austerità estreme, elaborate senza consultare nessuno dalla Troika (Banca centrale europea, Commissione europea e Fondo monetario internazionale).

Tali misure prevedevano una tragedia sociale, di fronte alla quale il sistema finanziario non ha mostrato alcun senso di umanità. “Salva il denaro, soffra o muoia il popolo”. Infatti dall’inizio della crisi ci sono…

Ver o post original 737 mais palavras



{julho 17, 2015}  

paraveromar

logo estado branca

“Para ver o mar” é um projeto de intervenções urbanas na orla marítima de Fortaleza, cujo objetivo é lançar um olhar crítico sobre o “cuidado” que a sociedade dedica a preservação do mar e da vida marinha. Para a realização da proposta foram reunidos três artistas, que são Diego de Santos, Maíra Ortins e Narcélio Grud, cujo objetivo é pensar coletivamente ações que ocorram exclusivamente dentro da faixa litorânea, que vai desde a Praia de Iracema até o Mucuripe. Todas as ações serão coordenadas pelo curador e professor Herbert Rolim. Trata-se de um projeto cujo conceito de coletividade ocorre de forma temporária.

Portanto, entre os meses de junho e julho de 2015, os artistas intercambiarão experiências estéticas e conceituais inerentes a cada processo artístico, para juntos elaborarem, sob a coordenação e orientação do curador Herbert Rolim, intervenções que deverão ocorrer na orla marítima de Fortaleza.

A partir do conceito de redes, relações…

Ver o post original 98 mais palavras



Leonardo Boff

El Papa Francisco ha realizado un enorme cambio en el discurso ecológico al pasar de la ecología ambiental a la ecología integral. Esta incluye la ecología político-social, la mental, la cultural, la educacional, la ética y la espiritualidad. Existe el peligro de que esta visión integral sea asimilada dentro del discurso ambiental habitual, no dándose cuenta de que todas las cosas, saberes e instancias están interligadas. Es decir, el calentamiento global tiene que ver con la furia industrialista, la pobreza de buena parte de la humanidad está relacionada con el modo de producción, distribución y consumo, la violencia contra la Tierra y los ecosistemas deriva del paradigma de dominación que está en la base de nuestra civilización dominante desde hace ya cuatro siglos, que el antropocentrismo es consecuencia de la comprensión ilusoria de que somos dueños de la cosas y que ellas solo tienen sentido en la medida en que…

Ver o post original 760 mais palavras



Leonardo Boff

 Ele fez de tudo na vida. Na juventudo foi ateu e marxista. Mas de repente se converteu. Ordenou-se padre durante a guerra. Logo entrou na Resistência contra os nazistas. Em 1949 fizeram-no Assistente da Juventude da Ação Católica. Mas seus métodos libertários não agradaram o do status quo eclesiśtico e o mandaram acompanhar emigrantes italianos que vinham de navio à Argentina. Na viagem encontrou um Irmãozinho de Jesus, seguidor de Charles de Foucault cujo carisma é viver no mundo entre os mais pobres. Iniciou-se na Argélia junto ao deserto e entrou na luta de liberação contra a dominação francesa. Depois foi enviado à Argentina. Por anos trabalhou como operário com madeireiros. Foi ao Chile de Pinochet. Mas logo seu nome estava na lista:”quem encontrar um desses, pode eliminar”. Esteve por um tempo na Venezuela. Mas acabou por instalar-se no Brasil em Foz do Iguaçu onde criou várias iniciativas para…

Ver o post original 745 mais palavras



Leonardo Boff

Há poucas semanas dei uma entrevista por e-maisl à jornalista Aline Rodrigues Imécio  da  Revista Epoca. Por razões alheias a ela, a revista não foi publicada. Como são muitos que me fazem perguntas semelhantes aquelas que ela me fez, publico-a aqui. Talvez possa interessar a alguns já que o Papa está nestas semanas intencionsalmente peregrinando pelos países mais pobres da América Latina: o Equador, a Bolívia e o Paraguai.

1-) A partir da posse do Papa Francisco assistimos a algumas mudanças no comportamento tradicional de um Papa. Francisco escolheu dormir em um aposento simples na Casa de Santa Marta, utiliza um crucifixo de latão, recusou o carro oficial do Vaticano dentre outros privilégios. O senhor considera que o Papa Francisco pode ser capaz de mudar a imagem da Igreja católica ou pelo menos a imagem que temos do Papa tradicional?

R/ Cabe lembrar que o Papa vem de fora…

Ver o post original 2.229 mais palavras



{julho 6, 2015}   Prancha fácil

Portal Nacional de Tecnologia Assistiva

O Prancha Fácil é um software desenvolvido pelo AssistUFRJ – Núcleo de Pesquisa em Tecnologia Assistiva da UFRJ e pode ser usado como um sistema de comunicação para crianças jovens e adultos em diferentes contextos como a casa, a escola, o hospital, um espaço cultural e muitos outros lugares.

O Prancha Fácil é muito simples e rápido de utilizar, e com ele é possível fazer pranchas para serem impressas ou utilizadas de forma dinâmica no computador, sem a necessidade de conexão à internet.

Com o Prancha Fácil, os professores, terapeutas e familiares poderão desenvolver atividades para auxiliar o processo de alfabetização; brincadeiras incluindo conceitos como cores, formas, números, entre outros; contar histórias; escolher músicas; vídeos; e muitas outras atividades divertidas!
Possibilidades do Prancha Fácil
O Prancha Fácil permite o acesso ao programa através do mouse, tela touchscreen ou sistema de varredura, permitindo, assim, que pessoas com dificuldades motoras graves possam…

Ver o post original 105 mais palavras



{julho 6, 2015}   Prancha fácil

Portal Nacional de Tecnologia Assistiva

O Prancha Fácil é um software desenvolvido pelo AssistUFRJ – Núcleo de Pesquisa em Tecnologia Assistiva da UFRJ e pode ser usado como um sistema de comunicação para crianças jovens e adultos em diferentes contextos como a casa, a escola, o hospital, um espaço cultural e muitos outros lugares.

O Prancha Fácil é muito simples e rápido de utilizar, e com ele é possível fazer pranchas para serem impressas ou utilizadas de forma dinâmica no computador, sem a necessidade de conexão à internet.

Com o Prancha Fácil, os professores, terapeutas e familiares poderão desenvolver atividades para auxiliar o processo de alfabetização; brincadeiras incluindo conceitos como cores, formas, números, entre outros; contar histórias; escolher músicas; vídeos; e muitas outras atividades divertidas!
Possibilidades do Prancha Fácil
O Prancha Fácil permite o acesso ao programa através do mouse, tela touchscreen ou sistema de varredura, permitindo, assim, que pessoas com dificuldades motoras graves possam…

Ver o post original 105 mais palavras



blog da Revista Espaço Acadêmico

JARID ARRAES*

Depoimentos de pacientes revelam que muitos psicólogos não sabem lidar com questões raciais no consultório. A maior carência é uma formação que aborde o problema do racismo no Brasil.

psicologoracismo-755x335

Marília Lopes, mulher negra e professora universitária de 38 anos, procurou uma psicóloga porque sofria com depressão há muitos anos. Sentia que precisava de ajuda e que seu trabalho estava sendo severamente prejudicado. Na primeira sessão de psicoterapia, sentiu a necessidade de falar sobre as diversas situações em que sofreu racismo, contando de sua infância trabalhando como empregada doméstica e babá sob o pretexto de que estava “brincando com a filha da patroa”, até casos mais recentes, em que fora seguida dentro de lojas onde fazia compras. Ao final, a psicóloga – que era branca – afirmou que Lopes precisaria mudar o comportamento de “se vitimizar e transformar acontecimentos normais em racismo”.

Reprodução / Igualdade Racial no SUS é pra valer Reprodução / Igualdade Racial no SUS…

Ver o post original 1.524 mais palavras



et cetera