luveredas











Portal Nacional de Tecnologia Assistiva

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai tornar o sistema do Processo
Judicial Eletrônico (PJe) mais acessível para pessoas com deficiência.
O primeiro passo ocorreu nesta quarta-feira (22/4), com a realização
de um workshop que reuniu 45 servidores da área de tecnologia da
informação. A partir desta semana, parte da equipe será destacada para
desenvolver requisitos de acessibilidade no PJe.

Gestor dos projetos de informática no CNJ, o juiz auxiliar da
Presidência Bráulio Gusmão abriu o workshop destacando que a
deficiência física é um conceito relativo. “A eliminação do obstáculo
elimina a deficiência. Como agentes de Estado, ao propor e implementar
políticas públicas, devemos estar atentos a isso”, disse.

Ele lembrou que a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com
Deficiência da Organização das Nações Unidas, de 2007, tem status de
Emenda Constitucional e deve ser observada com prioridade no Brasil.
Para o juiz, a melhor forma de superar a…

Ver o post original 462 mais palavras

Anúncios


{abril 30, 2015}   Sils Maria Engadine

9skyline

Splendeur et mystère de l’Engadine au Waldhaus Sils Maria

Sur les pas de Nietzsche, Proust, Cocteau… et de Juliette Binoche…, une escapade automnale dans les Grisons en Engadine. Pour goûter, à l’occasion de la sortie du film Sils Maria, à la vie de château et au romantisme de ces Alpes suisses et sauvages.

Plantons le décor. Un petit village suisse niché dans les montagnes des Grisons. Les paysages idylliques IMG_2915de sommets, de lacs et de forêts de Haute-Engadine. Un palace, le Waldhaus Sils Maria, érigé en 1908 au milieu des mélèzes et face au soleil. Tout près de la chic station de Saint Moritz mais au cœur de l’authenticité des montagnes suisses.
Là où, dès la fin du XIXe siècle, l’engouement pour les sports d’hiver naissants et pour les retraites en montagne entraînait élégants, esthètes, artistes et sportifs, britanniques notamment, en quête d’air pur et de nouvelles sensations à la…

Ver o post original 1.152 mais palavras



Portal Nacional de Tecnologia Assistiva

No informe, deverá constar a placa dos veículos.

Em três meses, todos os táxis que circulam no estado deverão ter plaquetas em braile informando a placa do veículo para que os passageiros com deficiência visual possam identificá-los. A exigência consta na Lei 15.479, publicada nessa quinta-feira (16) no Diário Oficial.

As plaquetas deverão ser confeccionadas em formato padrão com 4cm x 7cm e podem ser de acetato ou outro material similar. Os informes deverão ser afixados no painel da frente ao banco do carona e na porta traseira do lado direito do veículo. Os espaços foram regulamentados para possibilitar o toque por parte dos passageiros.

Os taxistas que não cumprirem a exigência ficarão expostos a sanções administrativas.

Fonte: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/vida-urbana/2015/04/17/interna_vidaurbana,572072/taxis-deverao-ter-plaquetas-em-braile-com-identificacao-para-passageiros-com-deficiencia-visual.shtml

Ver o post original



Portal Nacional de Tecnologia Assistiva

Pesquisadoras do Centro de Referência de Oftalmologia (Cerof) da
Universidade Federal de Goiás (UFG), juntamente com a Universidade de
Harvard, desenvolveram um tratamento que pode curar a cegueira.

O desafio é a obtenção de uma célula que se desenvolva dentro do olho e
faça a reparação dos tecidos lesados. “Para recuperar a visão é feita
uma microcirurgia para implantar células-tronco embaixo da retina
degenerada. Depois de implantada, esse tipo célula consegue se
proliferar e fazer uma espécie de simbiose com aquelas que estão
danificadas. A partir daí se cria um novo conjunto de células que faz
com que a pessoa volte a enxergar”, explica o pesquisador e professor
titular de oftalmologia da UFG, Marcos Ávila. “É um avanço para a
medicina. Convivemos diariamente com pacientes que sofrem desse mal e
como ser humano fico muito contente de poder contribuir para esse
processo”, completa.

O estudo começou em 2011 a pedido…

Ver o post original 227 mais palavras



Portal Nacional de Tecnologia Assistiva

A funcionalidade de voice guidance para televisores da Panasonic tem pontos para melhorar, mas é uma ajuda para quem tem problemas de visão. Permite operar com os comandos do menu e ler textos no browser de Net.

Panasonic Voice Guidance

Disponível em português e muitas outras línguas, a voice guidance da Panasonic descreve as possibilidades do menu e indica a selecionada no momento. Permite ainda a leitura de textos a partir do browser da Net. Está incluída nos televisores mais recentes, de 2012 e 2013, da Panasonic, nas séries WT60, ZT60, WT50, VT60, VT50, DT60, GT60, GT50, ET60, ET50, ET5, ST60, ST50, E6, FT60.

Além de vocalizar as opções do menu, a voice guidance também explica como navegar: indica teclas cursoras para selecionar opção e a tecla OK para selecionar, por exemplo.

Esta funcionalidade também é interessante para ler textos no browser de Net. Só tem de mover o cursor…

Ver o post original 244 mais palavras



Portal Nacional de Tecnologia Assistiva

A demanda por serviços para as pessoas com algum tipo de deficiência é cada vez maior no Brasil. Para facilitar o contato entre profissionais do ramo e consumidores, a empresa de engenharia Engrenar criou o Critco, um marketplace de prestadores de serviços relacionados à acessibilidade.
A ideia começou em 2012, momento em que os CEO’s da Engrenar perceberam que não havia nenhuma plataforma na área de produtos para pessoas com deficiência. Após três anos de desenvolvimento, o Critco será lançado oficialmente no dia 27. No início desse ano a empresa realizou alguns testes em fase beta.
Ao todo, já são 40 empresas e 300 profissionais cadastrados. Os usuários que acessam o site informam qual o produto que necessitam. A partir disso, o sistema faz uma busca de quem pode atender o pedido. Em caso de algo pouco comum no mercado, o Critco reúne vários prestadores de serviços capazes de solucionar…

Ver o post original 95 mais palavras



O Indigenista

Camara-biodiversidade

A Câmara dos Deputados, comandada pela Bancada Ruralista, da Bala e Evangélica, destroem a proteção ao patrimônio genético de milenares comunidades indígenas, comunidades afro-descendentes e tradicionais, em nome do lucro para a diversidade que dá lucro para empresas multinacionais que exploram as plantas existentes no Brasil e que deveriam ser protegidas.

A discussão já tinha sido encaminhada na Câmara, porém foi muito bem melhorada no Senado para proteção da epistemologia indígena, isto é, o conhecimento de plantas que os indígenas trazem há milênios e que afro-descendentes e comunidades tradicionais garantiram para o patrimônio brasileiro.

Os Ruralistas em conjunto com as bancadas anti-indígenas e contra povos tradicionais foi completamente contra qualquer garantia de que tal conhecimento permaneça no país.

Por que?

Simplesmente por conta do lucro que a soja, cana e milho, que são commodities valorados pelas Bolsas de Valores internacionais dão mais lucro do que as vidas de populações nacionais.

Ver o post original 155 mais palavras



Segundo dados do IBGE, existem mais de 45 milhões de pessoas com deficiência, sendo que 6,5 milhões são deficientes visuais. “A instabilidade econômica afeta de forma direta os brasileiros com deficiência que dependem de tais recursos para terem uma vida mais autônoma, digna e com mais qualidade”, comenta Mortimer.

Portal Nacional de Tecnologia Assistiva

Com a desvalorização do real, recursos voltados a pessoas com deficiência podem ficar até 100% mais caros

A supervalorização da moeda americana deve afetar os preços dos produtos de tecnologia assistiva comercializados no Brasil e pode pesar ainda mais no bolso dos brasileiros com deficiência. Como a maioria dos recursos são fabricados no exterior, os preços podem ficar até 100% mais caros, prejudicando a inclusão dessas pessoas em diversas áreas, como educação, trabalho, cultura e saúde.

“Os artigos de tecnologia assistiva vendidos no país já são extremamente caros devido à carga tributária. Com a desvalorização do real, o acesso a esses equipamentos ficará ainda mais difícil e levará a uma retração no setor”, comenta Robert Mortimer, especialista em tecnologia assistiva da Laramara – Associação Brasileira de Assistência à Pessoa com Deficiência Visual. Isso porque as pessoas com deficiência, que já estão com o poder de compra menor devido ao aumento…

Ver o post original 191 mais palavras



Leonardo Boff

WASHINGTON NOVAES volta e meia se faz presente neste espaço pois é um dos jornalistas mais bem informados sobre questões ecológicas daqui e de fora. Neste artigo do dia 17 de abril em O Estado de São Paulo, sob o título Em boa hora o Papa vai entrar em campo, refrindo-se à sua próxima encíclica sobre ecologia aborda com numerosos dados sobre o destino do lixo e dos materiais recicláveis. Hoje o sistema atual de produção o que mais produz são dejetos, lixo e rejeitos  criando um problema grave para a qualidde de vida no planeta, especialmente os resíduos nucleares de altíssima perigosidade. Lboff

********************

É uma notícia auspiciosa (ESTADO, 5/4, caderno Aliás): o Papa Francisco pretende centrar no tema “meio ambiente e pobreza” sua primeira encíclica, a ser conhecida nas próximas semanas. O documento incluirá também em destaque as mudanças climáticas, junto com considerações sobre a desigualdade…

Ver o post original 910 mais palavras



et cetera