luveredas











blog da Revista Espaço Acadêmico

alfredinhoPe. ALFREDO J. GONÇALVES, CS

A notícia choca pelos números: nos últimos três dias, próximo às costas da Líbia, no lado africano do mar Mediterrâneo, cerca de 600 migrantes morreram afogados em mais um grande naufrágio (talvez o maior dos últimos anos). Outras vítimas podem ter desaparecido, apenas uns poucos conseguiram sobreviver. Entre os mortos, predominavam jovens de ambos os sexos e não poucas crianças. Devolvidos pelas águas do mar, os corpos se estendiam pela praia, numa visão trágica de quem se vê forçado a arriscar tudo para fugir da pobreza e da violência, buscando um lugar ao sol.

Os números chocam e vão se acumulando dia a dia, semana a semana, mês a mês, ano a ano. Na tentativa de alcançar os países europeus, e ali replantar suas esperanças e lutas, barcaças apinhadas de novos migrantes, prófugos e refugiados continuam a arriscar a travessia. Cada uma delas, pela sua…

Ver o post original 454 mais palavras



Demografia Unicamp

María del Rosario Aparicio López, entrevistada no Programa Diálogo Sem Fronteira (RTV-UNICAMP), é doutoranda no Programa de Pós-graduação em Demografia pela Unicamp. Atua principalmente nas áreas de Família, Gênero e Demografia com ênfase nos estudos de Violência de Gênero.

Ver o post original



Demografia Unicamp

Divulgacao_IV Seminario da Linha de Pesquisa Populacao e Ambiente

 PROGRAMAÇÃO

9h00-9h30 – Mesa de Abertura

9h30-12h00 – MESA I – FERRAMENTAS TEÓRICO-METODOLÓGICAS PARA A COMPREENSÃO DOS PROCESSOS DE URBANIZAÇÃO E DA DINÂMICA DE USO E COBERTURA DO SOLO NA AMAZÔNIA BRASILEIRA
Coordenação: Antônio Miguel Vieira Monteiro

Dinâmica demográfica e indicadores socioeconômicos em escala intramunicipal: o caso de Altamira e São Félix do Xingu (Pará) na década de 2000
Ricardo de Sampaio Dagnino

As intensidades do Urbano Amazônico: uma proposta conceitual e uma abordagem empírica
Ana Paula Dal’Asta
Silvana Amaral
Antônio Miguel Vieira Monteiro

Processos migratórios e as múltiplas formas de urbanização: um estudo comparativo no oeste do Pará, 2005-2010
Julia Corrêa Côrtes

Estratégias de mobilidade territorial da população na Amazônia: múltiplas conformações, categorias restritas
Juliana Mota de Siqueira
Maria Isabel Sobral Escada
Antônio Miguel Vieira Monteiro

Urbanização na Amazônia: O processo de urbanização pensado pelas estratégias de sobrevivência e mudanças na composição etária das pequenas e médias cidades

Ver o post original 242 mais palavras



Portal Nacional de Tecnologia Assistiva

{Tecnologia}

As autoridades cartográficas do Japão anunciaram a criação de um software que permitirá baixar dados da internet e produzir, com uma impressora 3D, mapas de toda a geografia do país para cegos. A Autoridade de Informação Geoespacial (GSI), dependente do Ministério de Transporte e Infraestrutura, trabalhará na fase de desenvolvimento com especialistas de diversos terrenos para que estradas, vias de pedestres e ferrovias possam ficar bem sinalizadas no produto final.

Os dados do programa permitirão imprimir as vias em relevo com um milímetro de altura para que possam ser detectadas facilmente com os dedos.

Um professor da Universidade de Niigata que participa da criação do software explicou ao jornal que, se conseguirem introduzir características topográficas, como desníveis ou montes, estes mapas poderiam ser empregados em cursos para cegos centrados em emergências e evacuação em caso de terremoto ou tsunami.

Uma vez terminado o software, todos os dados cartográficos do…

Ver o post original 125 mais palavras



{setembro 25, 2014}   Acessibilidade em comunicação

Portal Nacional de Tecnologia Assistiva

A Anatel recebe até 8 de outubro de 2014 comentários e sugestões da
sociedade em relação a documento intitulado “Discussão Prévia com a
Sociedade sobre Temas Relevantes para Construção do Regulamento Geral de
Acessibilidade”. Tais contribuições serão relevantes para a elaboração do
Regulamento Geral de Acessibilidade em Telecomunicações.

Trata-se de iniciativa que busca permitir uma análise mais aprofundada das
necessidades relacionadas a serviços e equipamentos de telecomunicações das
pessoas com deficiência, bem como permitir identificar as expectativas dos
atores envolvidos.

As manifestações fundamentadas e devidamente identificadas devem ser
encaminhadas, preferencialmente, por meio do formulário eletrônico do
Sistema Interativo de Acompanhamento de Consulta Pública, disponível no
site da Anatel, até 24 horas do dia 8 de outubro de 2014.

Serão consideradas também as manifestações encaminhadas por carta, fax ou
correspondência eletrônica recebidas até 18 horas do dia 7 de outubro de
2014, para:

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES

SUPERINTENDÊNCIA DE PLANEJAMENTO E…

Ver o post original 99 mais palavras



{setembro 21, 2014}   Faces of Afro Brazil 26

Black Women of Brazil

Maira Ortins

The latest in the series Faces of Afro Brazil, Maíra Ortins is a 33 year old visual artist from Fortaleza, the capital and most populous city of northeastern state Ceará. Ceará has been featured in a number of recent posts covering topics such as racial identity, sexual tourism and the experience of an African immigrant in the state.

Appearing in the April edition of the Brazilian version of Claudia magazine, Maíra spoke of her career goal:

“My main objective is to give a boost to my career. To this end, I have studied quite a bit to compete for a scholarship in Europe or an artistic residency, an initiative in which various artists live together, exchange ideas on techniques and work collectively for a certain time.”

Source: Mde Mulher

Ver o post original



Demografia Unicamp

Aliny Gama e Paula Bianchi
Do UOL, em Maceió e no Rio


É difícil encontrar a aposentada Anita Barros em casa. Aos 78 e viúva, ela mora sozinha, participa de grupos da terceira idade, toca violão e flauta e ainda arruma tempo para sair com as amigas. Anita faz parte do novo perfil de idoso identificado pela Pnad 2013 (Pesquisa Nacional de Amostras de Domicílios), que mostra um Brasil cada vez mais velho e feminino. As mulheres representam hoje a maior parte das pessoas de 60 anos ou mais. São 14% (14.563 milhões de indivíduos), contra 11,8% dos homens (11,5 milhões) Beto Macário/UOL

É difícil encontrar a aposentada Anita Barros em casa. Aos 78 e viúva, ela mora sozinha, participa de grupos da terceira idade, toca violão e flauta e ainda arruma tempo para sair com as amigas. “Gosto de receber minhas filhas, genros e netos em casa para…

Ver o post original 516 mais palavras



et cetera